Notícias

TWI em destaque no pneu da Honda CG 160 INFOMOTO (Foto: Renato Durães / Agência Infomoto )

Dica de Manutenção

Qual a hora certa de trocar o pneu da moto?

Você sabe o que é o T.W.I? A indicação orienta o motociclista quando é hora de substituir o pneu desgastado por outro novo


Arthur Caldeira / Agência Infomoto

Agência Infomoto

09/10/2018 17h23

Uma dúvida frequente entre os motociclistas é sobre a hora certa de trocar o pneu da moto. Um método muito comum é a boa e velha inspeção visual. Ou seja, você olha e percebe que o pneu está ficando “careca”. Porém muitas vezes o desgaste não ocorre por igual em toda a banda de rodagem e fica difícil identificar se o pneu pode ou não rodar mais alguns quilômetros.

Para facilitar a vida do motociclista, as fábricas de pneus dotam seus produtos de uma maneira simples e eficaz de se averiguar se está na hora de trocá-los. Trata-se do T.W.I. (Tread Wear Indicator) um dos limites para o uso dos pneus de moto. A sigla vem do inglês Tread Wear Indicator, que significa, em tradução livre, “indicador de desgaste da banda de rodagem”.

Como as motos têm apenas dois pneus, estes são itens fundamentais para garantir a segurança do motociclista. Um pneu “careca” representa perigo na hora de acelerar, frear e contornar curvas. Em piso molhado então, nem se fala. Entre as diversas funções dos sulcos está a drenagem da água. Se os sulcos estiverem pouco profundos não drenam a água corretamente e uma frenagem pode causar uma queda em dia de chuva.

Onde fica o TWI?

Esses indicadores de desgaste podem ser facilmente localizados nos flancos (lateral) dos pneus, onde geralmente há a inscrição T.W.I. ou ainda alguma indicação como uma seta ou o logotipo do fabricante. Nessa direção, o motociclista vai encontrar o filete de borracha indicando a altura mínima de uso do pneu.

Como funciona o TWI?

Todo pneu de moto (e até de carro) conta com o TWI, o tal filete de borracha disposto transversalmente aos sulcos em alguns pontos da banda de rodagem. Mas como ele funciona? “O TWI indica que a borracha acabou. O sulco que ajuda a escoar a água no piso molhado já não faz o seu papel. E no seco, não tem mais aderência”, explica Eduardo Zampieri, piloto de testes de pneu de moto da Pirelli. Segundo o piloto, quando esse filete ficar aparente, no mesmo nível da banda de rodagem, está na hora de trocar o pneu.

Mas, cuidado: não é só o TWI!

Mas é bom lembrar ao motociclista que a troca do pneu só estará vinculada ao TWI se o pneu estiver em boas condições. Bolhas, cortes ou desgastes irregulares também podem condenar o pneu. Se houver algum desses defeitos, mesmo que a banda de rodagem não tenha atingido a profundidade mínima, o pneu deve ser substituído por outro novo, nas mesmas medidas indicada pelo fabricante da motocicleta.

Notícias relacionadas

Mercado de motocicletas em alta

Placa do Mercosul: DENATRAN Agora decide tirar brasões e diminui largura

Diferença entre óleo mineral e sintético

Nova Ducati Panigale V4R é esportiva mais potente já fabricada

Kawasaki KX 450 2019 chega por R$ 43.990

Kawasaki Z 400, versão naked da Ninja, deve vir ao Brasil

Nova Honda CB 1000R tem design inovador e motor potente

Produção de motos pode chegar a 1 milhão de unidades em 2018

Bolid-E, uma moto elétrica controlada por smartwatch

Harley revela especificações da LiveWire, sua moto elétrica

  • Booking.com

Mototour - Seu portal em duas rodas, Motos, Encontros de Motociclistas, Moto Clube e muito mais...

Todos os Direitos Reservados

Tempo de carregamento da página: 0.16144 segundos